Colunas Curtas-metragens Slideshow — 22 agosto 2012
“Santas”, um filme de percepção

O curta-metragem “Santas” saiu do festival Cine Ceará deste ano com o troféu de melhor direção para Roberval Duarte, que realizou um filme experimental onde cinco mulheres surgem em cenas do cotidiano das pessoas, como “Asas do Desejo”, de Wim Wenders, fonte de inspiração para o filme. “Do ponto de vista formal, ‘Santas’ está construído a partir de cinco planos-sequência principais, nos quais o elenco está presente, um prólogo e cinco interlúdios descritivos de locais e ambientes, em que se busca sugerir ‘um outro lugar’, entre o físico e o intangível, para que as ações aconteçam”, explica Roberval.

“Santas” segue a linha cinematográfica de Roberval, autor de curtas premiados, como “Rota de Colisão”, que possui um caráter experimental em sua linguagem, e participou de 60 festivais, incluindo a Quinzena dos Realizadores do Festival de Cannes. “Santas” nasceu de um projeto coletivo de atores teatrais do Rio de Janeiro, em 2010, onde Roberval exerceu sua paixão cineclubista com exibição de filmes. Após as exibições, havia discussão sobre os filmes entre os profissionais do teatro com um foco na criação do roteiro do curta, que tinha a ideia de falar sobre mulheres santificadas.

“Neste sentido, comecei a apresentar para o pessoal do teatro conceitos como ‘plano-sequência’ a partir de filmes como ‘Contos da Lua Vaga’, de [Kenji] Mizogouchi, ‘close-up’ a partir de ‘O Martírio de Joana D’Arc’, de Dreyer, ‘Free Zone’, de [Amos] Gitai, e, sobretudo, a ‘mise-en-scène’ cinematográfica pautada pelo trabalho de ator a partir de obras como ‘Ondas do Destino’, de [Lars] von Trier. Também abordamos filmes sobre ‘santos e santas’, como ‘Thérèse’, de [Alain] Cavalier, ‘O Processo de Joana D’Arc’, de [Robert] Bresson e ‘Francisco, Arauto de Deus’, de [Roberto] Rossellini. No fim, elegemos ‘Asas do Desejo’ como inspiração para o curta”, disse Roberval, que está filmando mais um curta, “Dia dos Pais”, e começando a busca de recursos para seu primeiro longa-metragem, “Cidade Maravilhosa”, um dos roteiros finalistas para a América Latina do Sundance/NHK International Filmmakers Award.

 

Por Hermes Leal

Relacionados

Compartilhe

(0) Comente

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

*

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>