Música, exposições, dança, teatro e cinema fazem parte do vasto cardápio de atrações que integram a programação do 17º Cultura Inglesa Festival. Na edição desse ano, os amantes da sétima arte poderão assistir gratuitamente duas mostras com obras selecionadas pelo curador Rafael Sampaio, uma com filmes contemporâneos britânicos e outra composta por rockumentários, documentários sobre bandas ou movimentos do rock britânico.

Os filmes estarão em cartaz entre 7 e 16 de junho nas cidades de São Paulo, Santos, Sorocaba, São José dos Campos e Campinas. Em todas as sessões, antes dos longas, serão apresentados curtas brasileiros, escolhidos via edital promovido pela Cultura Inglesa com o objetivo de estimular e fomentar a criação artística e o intercâmbio cultural entre Brasil e Reino Unido.

Além da série de filmes, o público também terá a oportunidade de conversar com o premiado cineasta, Zam Salim, sobre o cinema contemporâneo britânico. O evento ocorrerá no dia 13 de junho, no Museu da Imagem e do Som, após a exibição de seu primeiro longa metragem, “Up There”, às 19h. Lançada no final de 2012, a obra já ganhou diversos prêmios, entre eles os de melhor filme e melhor diretor no BAFTA escocês, e o Independent Spirit Award no Festival de Cinema de Santa Barbara, nos Estados Unidos.

O evento gratuito será aberto ao público e transmitido ao vivo pela internet para espaços culturais das cidades do interior e litoral. Em Santos, a transmissão ocorrerá no Cine Arte Posto 4; em Sorocaba, no Chalé Francês; em Campinas, no Museu da Imagem e do Som; e em São José dos Campos, no Espaço Cultural Mario Covas.

A programação cinematográfica do festival é composta pelas mostras Contemporânea, Rockumentários e Curtas-Metragens.

Composta por cinco filmes, alguns inéditos no Brasil, a mostra contemporânea tem entre seus destaques o filme “Up There”, do diretor Zam Salim. “London: the Modern Babylon”, do diretor Julien Temple, e “The Spirit of 45”, de Ken Loach, bem como as comédias “Sightseers”, dirigida por um dos mais contundentes e promissores diretores do cinema britânico atual, Ben Wheatley, e “Cockneys Vs. Zombies”, comandada por Matthias Hoene, completam a programação contemporânea.

A série de documentários na mostra rockumentários é sobre bandas ou movimentos do rock britânico, entre eles Artic Monkeys, The Rolling Stones, Radiohead, The Libertines, Michael Caine, Julie Christie, entre outros ícones da cena musical local.

Na mostra de curtas, três filmes brasileiros, “Lia e o Anjo”, “Master Blaster – Uma Aventura de Hans Lucas na Nebulosa 2907N” e “Muros entre Nós”, inspirados em literatura e poesias do Reino Unido também farão parte da programação do festival e serão exibidos antes dos longas.

Os curtas-metragens foram selecionados por meio de edital público e os curadores foram Daniel Gaggini, Newton Cannito e Rafael Sampaio.

A programação completa do festival está em festival.culturainglesasp.com.br.

 

Relacionados

Compartilhe

(0) Comente

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

*

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>