Mostra Internacional de SP dedica programação ao cinema polonês
"Cinzas e Diamantes", de Andrzej Wajda

A Mostra Internacional de Cinema de São Paulo vem desenvolvendo nas últimas edições a tradição de trazer para o público um panorama da produção cinematográfica de um país diferente. Nesta 40ª edição, com o apoio do IAM (Instituto Adam Mickiewicz) e o Polish Film Institute, o recorte escolhido foi a Polônia, com destaque para a homenagem a Andrzej Wajda (que receberá o Prêmio Humanidade), e a exibição da aclamada série cinematográfica DECÁLOGO, de Krzysztof Kieślowski – sucesso da 13ª Mostra; além de uma seleção de filmes poloneses contemporâneos.

Andrzej Wajda é sinônimo de cinema político polonês desde os anos 1960, foi um dos primeiros diretores a fazer o cinema polonês se tornar conhecido no resto do mundo e permaneceu ativo até o seu falecimento, aos 90 anos, no último domingo, 9 de outubro. O diretor será laureado postumamente com o tradicional Prêmio Humanidade da 40ª Mostra, que o evento outorga todo ano a um diretor cuja obra reflete questões humanísticas.

AS SENHORITAS DE WILKO (1979), CINZAS (1965), CINZAS E DIAMANTES (1958), DANTON – O PROCESSO DA REVOLUÇÃO (1982), GERAÇÃO (1954), KANAL (1957), OS INOCENTES CHARMOSOS (1960), TUDO À VENDA  (1968),  PAISAGEM APÓS A BATALHA (1970), O CASAMENTO (1972),  TERRA PROMETIDA (1974), O HOMEM DE MÁRMORE (1976), SEM ANESTESIA (1978), O HOMEM DE FERRO (1981), OS POSSESSOS (1988), WALESA (2013) e WRÓBLEWSKI SEGUNDO WAJDA (2015), são os títulos de Andrzej Wajda na 40ª Mostra.

O FOCO POLÔNIA também exibe todos os episódios de DECÁLOGO, série inspirada nos 10 mandamentos bíblicos, considerada a  obra-prima do diretor Krzysztof Kieślowski. As cópias restauradas terão sessões em programas de três ou quatro episódios e também em maratona. Complementam a apresentação especial da série, o Programa de Curtas Kieślowski. O DECÁLOGO foi exibido pela primeira vez no Brasil na 13ª Mostra.

No dia 26 de outubro, a Mostra e o IAM promovem o Polish Day. Na ocasião, serão exibidos dois títulos de Andrzej Wajda, episódios de Decálogo, além de filmes poloneses contemporâneos. No mesmo dia, o crítico polonês Tadeusz Lubelski participa de bate-papo com o público sobre a seleção do FOCO POLÔNIA, ao final do qual o crítico receberá o Prêmio Humanidade da 40ª Mostra em homenagem póstuma a Wajda. Em seguida, haverá coquetel para os presentes.

Relacionados

Compartilhe

(0) Comente

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

*

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>