Festival de Berlim já selecionou quatro filmes brasileiros
“Unicórnio”, de Eduardo Nunes © Zeca Miranda

O Festival Internacional de Cinema de Berlim, também conhecido como Berlinale, anunciou alguns dos filmes que foram selecionados para a sua Competição Oficial e mostras paralelas. Três longas-metragens brasileiros estão na lista da mostra paralela Panorama e, nesta semana, foi divulgada a relação preliminar da Generation, que traz mais uma obra nacional. A lista completa e definitiva deverá sair somente na metade do mês de janeiro, o que amplia as chances de mais diretores brasileiros competirem pelos diferentes troféus concedidos pelos alemães.

O mais recente longa-metragem confirmado pelo festival é “Unicórnio”, de Eduardo Nunes, que terá première internacional na mostra Generation 14plus, dedicada a obras juvenis. O filme é baseado em dois contos da escritora Hilda Hilst e é protagonizado por Barbara Luz. Patrícia Pillar, Zécarlos Machado e Lee Taylor também estão no elenco. Anteriormente, Nunes participou da direção coletiva do documentário “5 X Chico – O Velho e sua Gente” (2015), e estreou com “Sudoeste” (2011).

Os outros três filmes anunciados são de diretores que já participaram do Festival de Berlim com longas-metragens anteriores. Karim Aïnouz dirigiu “Praia do Futuro” – exibido na Competição Oficial de 2014 – e, em 2018, apresentará na mostra Panorama o documentário “Aeroporto Central”, que foi coproduzido com a Alemanha e a França.

Claudia Priscilla e Kiko Goifman também já estiveram presentes na Berlinale anos atrás. Em 2012, foram selecionados com “Olhe pra Mim de Novo”, na mesma Panorama. Em 2006, Goifman participou da mostra Fórum, com “Atos dos Homens”. Em 2018, a dupla de cineastas pisará no tapete vermelho com o documentário “Bixa Travesty”.

Outro documentário que igualmente vai compor a programação é “Ex-Pajé”, de Luiz Bolognesi. No ano passado, o diretor esteve no festival apresentando “Como nossos Pais”, filme dirigido por Laís Bodanzky e cujo roteiro foi assinado por ele. Em 2013, Bolognesi dirigiu a animação “Uma História de Amor e Fúria”, que ganhou o prêmio principal do Festival de Annecy naquele ano, na França.

O Festival de Berlim ocorrerá entre os dias 15 e 25 de fevereiro, abrindo o calendário anual dos maiores eventos internacionais dedicados ao cinema. Além da exibição dos filmes, acontece em paralelo o European Film Market, o segundo maior mercado do mundo, atrás apenas do Marché du Film, organizado junto ao Festival de Cannes, em maio. Assim como a feira, o Berlinale Co-Production Market também está agendado para os dias 15 a 23 de fevereiro.

 

Por Belisa Figueiró

Relacionados

Compartilhe

(0) Comente

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

*

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>