Série documental “Índio Presente” estreia na TV Brasil

Para refletir sobre o Dia do Índio, celebrado nesta quinta-feira, 19 de abril, a TV Brasil estreia a produção documental Índio Presente, às 5h30. A série independente visita dezenas de povos indígenas, em diferentes Estados, para desconstruir os principais estereótipos sobre esses grupos no país.

Produzida pela Amazon Picture, a atração mostra que muita gente ainda vê os índios no passado ou sem perspectiva de futuro. A partir dessa concepção, em 13 episódios de 26 minutos, a série, dirigida por Bruno Villela e Sérgio Lobato, enfatiza a identidade das nações indígenas ao evidenciar a imensa diversidade cultural e linguística invisibilizada. O programa vai ao ar de terça a sexta-feira, às 5h30.

Da escola aos meios de comunicação de massa, o índio é visto sob um olhar exótico que, tomando sua cultura como extinta ou estática, o coloca em oposição e distanciamento extremo em relação ao mundo moderno. A produção inédita na TV Brasil destaca como a sociedade foi ensinada a pensar o indígena como um ser do passado ou antiquado.

Índio Presente apresenta as tribos em diálogo constante com o mundo contemporâneo. Nesse cenário de incertezas, revela culturas que não só incorporam a modernidade, mas também a indigenizam.

Partindo dos estereótipos reproduzidos até hoje sobre as sociedades indígenas, a série acompanha o cotidiano de dezenas de povos em aldeias de várias regiões do Brasil. A produção mescla a visibilidade dessa rotina com entrevistas. Participam especialistas como os escritores Ailton Krenak e Daniel Munduruku, a jurista Deborah Duprat, o antropólogo Beto Ricardo, o professor José Ribamar Bessa Freire, entre outros.

A série aborda vários temas caros às nações indígenas e esclarece aspectos da identidade desses povos ao desmistificar clichês e chavões relacionados à realidades dos índios que se proliferam no senso comum.

A produção desmistifica espereótipos como “os índios são preguiçosos”, “estão acabando e perdendo sua cultura”, “são incapazes e precisam ser tutelados”, “tem muita terra para pouco índio” e “a sociedade indígena é atrasada”.

 

Relacionados

Compartilhe

(0) Comente

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

*

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>