Trailers TV Revista de Cinema — 13 junho 2018
Em 97 Era Assim

O ano é 1997 e quatro amigos de 15 anos procuram perder a virgindade em meio às situações que envolvem a escola e a família. do , A tríade humor, adolescência e sexo (mesmo que esse último seja em tentativas) está presente no longa-metragem “Em 97 Era Assim”, do cineasta gaúcho Zeca Brito, que chegas às telas brasileiras no próximo dia 14 de junho.

O roteiro de Leo Garcia é ambientado na Porto Alegre daquela época, em uma caracterização impecável de cenários, mobiliário, objetos e figurino dos personagens, os amigos Renato (o narrador), Alemão, Moreira e Pilha, que pensam nas colegas de escola, em mulheres em geral, e na iniciação sexual. Para isso, o negócio é juntar dinheiro e recorrer a profissionais do assunto.

A trilha sonora com hits do ano título é outro ingrediente fundamental, com bandas do rock gaúcho, nacional e internacional, como “Acústicos e Valvulados”, “Raimundos” e “Supergrass”, assim como as ”pérolas” musicais ”Segura o Tchan” e “Eu Sei Tudo, Professor”, essa na voz da emblemática cantora paraguaia Perla.

Os protagonistas de “Em 97 Era Assim” são vividos pelos jovens atores Fredericco Restori, João Pedro Corrêa Alves, Pedro Diana Moraes e Julio Estevan, que estão ao lado de consagrados nomes da dramaturgia e do cinema realizado no RS. A destacar, a participação muito especial do mestre Jean-Claude Bernadet.

A obra estreia no Brasil com uma trajetória de premiações em festivais nacionais e internacionais. O filme foi realizado com recursos do “Prêmio de Baixo Orçamento” do Ministério da Cultura e produzido pela gaúcha Panda Filmes, em coprodução com as também gaúchas Antifilmes e Coelho Voador.

Relacionados

Compartilhe

(0) Comente

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

*

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>