Marieta Severo estrela o longa “Noites de Alface”
© Guilherme Azevedo

Começaram, no dia 12 de novembro, na Ilha de Paquetá, no Rio de Janeiro, as filmagens de Noites de Alface, produzido pela Afinal Filmes, estrelado por Marieta Severo e Everaldo Pontes. O filme, que será rodado ao longo deste mês, conta com roteiro de Zeca Ferreira e marca sua estreia como diretor de longas de ficção. Premiado diretor de curtas-metragens, é também documentarista e foi assistente de direção de cineastas como Nelson Pereira dos Santos (Raízes do Brasil), Hugo Carvana (Casa da Mãe Joana) e Miguel Farias Jr. (Chico, Artista Brasileiro).

Inspirado no romance homônimo da escritora paulista Vanessa Bárbara, o roteiro traz um drama pontuado por elementos sutis de humor e pitadas de suspense, percorrendo a solidão de Otto (Everaldo Pontes) após a morte de sua esposa, Ada (Marieta Severo). E mostra sua dificuldade em lidar com a aceitação e com as tarefas cotidianas e, principalmente, em se relacionar com a vizinhança, coisa que a mulher fazia com maestria.

Sem seu placebo para as noites de insônia – o famigerado chá de alface preparado pela esposa, que explica o título do filme – e arrasado com a partida de sua companheira, após 50 anos de casamento, o amante de histórias de suspense se vê obrigado a reconsiderar sua postura com os vizinhos, que estão acostumados a serem tratados por Ada com bolos e cafés da tarde: o farmacêutico Nico (João Pedro Zappa), especialista em bulas de remédio e inconveniente nas horas vagas, a excêntrica Dona Iolanda (Teuda Bara), Teresa (Inês Peixoto) e seus cachorros barulhentos, Mayu (Lumi Kim) e seu avô, o velho Taniguchi (Antônio Sakatsume), um japonês ex-combatente de guerra que sofre de mal de Alzheimer. Além de Aníbal (Romeu Evaristo), o carteiro, e seu substituto, Aidan (Pedro Monteiro).

Entre a rotina da pacata vila e seus sonhos e delírios causados pela ausência de Ada, Otto, dentro de sua cortante e triste solidão, começa a ruminar o passado e trazer à tona pequenos detalhes de conversas e fatos para os quais não deu tanta importância, mas que, agora, revelam-se uma possível trama digna de suas histórias de suspense. Cada dia pior da insônia, Otto vai juntando lembranças como peças de um grande quebra-cabeça que aponta o possível envolvimento de Ada em uma história obscura arquitetada com os vizinhos. Seria tudo criação da mente de Otto ou realidade? Ele precisa decidir até onde, de fato, quer saber da verdade.

Relacionados

Compartilhe

(0) Comente

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

*

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>