Spcine homenageia Hector Babenco com sessões no Circuito e filmes na Spcine Play
Gael Garcia e Babenco em set de "O Passado"

Hector Babenco, que nasceu na Argentina e construiu sua carreira cinematográfica no Brasil, é foco de homenagem da Spcine, a partir de 7 de fevereiro, data em que completaria 73 anos. Duas ações especiais serão realizadas em paralelo para comemorar a efeméride.

A primeira é a exibição da cópia restaurada de “Pixote – A Lei do Mais Fraco” (1981) em sete das 20 salas do Circuito Spcine. As sessões começam em 9/2, na Spcine Paulo Emilio, no Centro Cultural São Paulo, e terminam em 27/2, na Spcine Três Lagos, no CEU homônimo.

O filme acompanha o drama de Pixote, um garoto abandonado pelos pais, que foge do reformatório e rouba para viver nas ruas. Apesar dos seus 11 anos, vira traficante de drogas, cafetão e até assassino. O longa ganhou uma indicação ao Globo de Ouro e um prêmio no Festival de Locarno.

A Spcine Play é responsável pela outra parte da homenagem ao cineasta. A partir de 7 de fevereiro, a plataforma de streaming da empresa paulistana estreia em seu catálogo sete obras clássicas do diretor. São elas: “O Rei da Noite” (1975), “Lúcio Flávio, o Passageiro da Agonia” (1977), “O Beijo da Mulher Aranha”(1985), “Brincando nos Campos do Senhor” (1990), “Coração Iluminado” (1998), “Carandiru” (2003) e “O Passado”(2007).

Relacionados

Compartilhe

(0) Comente

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

*

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>