Anime é tema de mostra no Rio e em Brasília
"Paprika", de Satoshi Kon

De 21 de agosto a 2 de setembro, no CCBB Rio de Janeiro, e de 20 de agosto a 1º de setembro, no CCBB Brasília, acontece a mostra Anime: O Fantástico Mundo das Animações Japonesas. A seleção de filmes revela a diversidade de estilos de desenho, temáticas e gêneros do anime e o poder de uma indústria que manteve a tradição dos trabalhos desenhados à mão e animados em 2D.

A entrada é franca para todas as sessões e os dois debates promovidos pela mostra. Serão apresentadas 15 produções, realizadas entre 1988 e 2016, entre elas cults de diretores consagrados como Akira (1988), de Katsuhiro Ôtomo, baseado no mangá homônimo, um grande sucesso no mundo todo que revolucionou a animação japonesa; Paprika (2006), de Satoshi Kon, premiado nos festivais de Annecy, Montreal e Fantasporto e Melhor Música no Tokyo Anime Award; O Conto da Princesa Kaguya (2013), de Isao Takahata, que mostra a história da heroína de O conto do cortador de bambu, clássico relato popular japonês, participou da Quinzena dos Realizadores do Festival de Cannes e concorreu ao Oscar de Melhor Animação; e 5 Centímetros por Segundo (2007), de Makoto Shinkai, um anime para adultos que ganhou o prêmio de Melhor Animação do Asia Pacif Screen Awards.

Mangás, novelas gráficas japonesas e, nos últimos anos, jogos de videogame deram origem a diversos animes de sucesso. Antes de chegar aos cinemas, muitos deles começaram como séries de TV, algumas delas com duração de várias temporadas e centenas de episódios.

O apelo dos filmes anime cresce constantemente no mundo, nomes como Satoshi Kon, Isao Takahata, Mamoru Oshii, Hayao Miyazaki, Katsuhiro Ôtomose estabeleceram e criaram escolas na animação. Novos realizadores surgem a cada ano, como Makoto Shinkai e Hiromasa Yonebayashi. O impacto mundial do anime é tão grande que animadores de outros países passaram a se inspirar e buscar coproduções com estúdios japoneses. É o caso do premiado A Tartaruga Vermelha, do alemão Michael Dudok de Wit, em parceria com o studio Ghibli.

Na mostra do Rio de Janeiro, no dia 26 de agosto, segunda, às 20h, logo após a exibição de Paprika, a curadora Juliana Melo e o designer e animador Daniel Pina conversam com o púbico sobre Paprika e o trabalho de Satoshi Kon. As Memórias de Marnie – Ancestralidade e mulheres no anime será o tema do debate, que contará com apresença de intérpretes de LIBRAS, com Juliana Melo e Ana Rodrigues, Presidente da Associação de Críticos de Cinema do Rio de Janeiro – ACCRJ, no dia 28, quarta, às 20h, depois da sessão de As Memórias de Marnie (com legendas descritivas). E, na quinta, dia 22, a sessão das 13h de The Sky Crawlers: Eternamente terá audiodescrição.

A programação completa da mostra pode ser conferida no site www.bb.com.br/cultura.

Relacionados

Compartilhe

(0) Comente

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

*

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>