Festival Curta Cinema anuncia os vencedores
"Planeta Fábrica", de Julia Zakia

A 29ª edição do Curta Cinema – Festival Internacional de Curtas do Rio de Janeiro chegou ao fim e os vencedores foram anunciados na cerimônia de encerramento, no Estação Net Botafogo. Ao longo de oito dias, o festival exibiu uma seleção de 177 filmes com o melhor da produção mundial da safra 2018-2019. Os vencedores do Grande Prêmio Curta Cinema das competições nacional e internacional foram o brasileiro Planeta Fábrica e o romeno Ultimul Drum Spre Mare (The Last Trip To The Seaside), ambos automaticamente qualificados para concorrer a vagas ao Oscar.

Dirigido por Julia Zakia (SP), o curta Planeta Fábrica registra os últimos vapores de uma tradicional fábrica de chapéu que será demolida. O filme acompanha seu declínio até o completo fechamento e abandono. 100 anos em 11 minutos. Um velho planeta está sendo extinto e novos habitantes ganham vida.

O curta romeno Ultimul Drum Spre Mare, do diretor Aidi Voicu, acompanha seis passageiros que estão viajando para a costa dentro de um compartimento de trem. Depois de um tempo, uma suspeita faz com que alguns deles percam a compostura, e o resto da viagem vai por água abaixo.

O júri oficial elegeu os melhores curtas das competições Nacional e Internacional, o júri jovem escolheu o vencedor da mostra Primeiros Quadros e o público votou nos curtas do Panorama Carioca, Panorama Brasil e Panorama Latino Americano. O festival também anunciou os laureados nas mostras especiais Em Trânsito, Interzona Itamaraty e Infanto-Juvenil, além do Prêmio Canal Brasil de Curtas, que contou com um júri formado por críticos de cinema.

Confira os vencedores:

COMPETIÇÃO INTERNACIONAL

GRANDE PRÊMIO CURTA CINEMA

Ultimul Drum Spre Mare / The Last Trip To The Seaside, de Aidi Voicu (Romênia)

PRÊMIO ESPECIAL DO JÚRI

Blue Boy, de Manuel Abramovich (Alemanha-Argentina)

MELHOR DIREÇÃO

Hãy Tính Thú’c Và Sãn Sàng / Stay Awake, Be ready, de Pham Thien An (Coréia do Sul-EUA-Vietnã)

MENÇÃO ESPECIAL

Tigre, de Delphine Deloget (França), por retratar uma intimidade feminina com honestidade, ternura e crueldade

COMPETIÇÃO NACIONAL

GRANDE PRÊMIO NACIONAL 2019

Planeta Fábrica, de Julia Zakia (SP)

PRÊMIO ESPECIAL DO JÚRI

Extratos, de Sinai Sganzerla (SP)

MELHOR DIREÇÃO

Baile, de Cíntia Dormit Bittar (SC)

MENÇÃO HONROSA

Quebramar, de Cris Lyra (SP)

PRÊMIO DO JÚRI JOVEM – MOSTRA PRIMEIROS QUADROS

Mãe Não Chora, de Carol Rodrigues e Vaneza Olivieira (SP)

PRÊMIOS DO PÚBLICO

COMPETIÇÃO NACIONAL

Carne, de Camila Kater (SP)

COMPETIÇÃO INTERNACIONAL

Greykey, de Enric Ribes (Espanha)

 

PANORAMA BRASIL

Diz Que é Verdade, de Claryssa Almeida e Pedro Estrada (MG)

 

PANORAMA CARIOCA

Alfazema, de Sabrina Fidalgo (RJ)

 

PANORAMA LATINO-AMERICANO

Bodas de Oro, Lorenzo Tocco (Chile/Uruguai)

 

PRÊMIOS ESPECIAIS

 

PRÊMIO INTERZONA – ITAMARATY

Who’s That Man Inside My House, de Lucas Reis (RS)

 

PRÊMIO CANAL BRASIL DE CURTAS

Quebra-mar, de Cris Lyra (SP)

 

PREMIAÇÃO LABORATÓRIO DE PROJETOS

Melhor Projeto Nacional - Rua Dinorá, de Natália Mendes Maia (CE)

Melhor Projeto Carioca - Ave Maria, Pê Moreira (RJ)

Relacionados

Compartilhe

(0) Comente

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

*

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>