Trailers TV Revista de Cinema — 26 novembro 2019
Novas Espécies – A Expedição do Século

O documentário em longa-metragem Novas Espécies – A Expedição do Século, uma coprodução internacional da produtora Grifa Filmes, que estreia nos cinemas dia 28 de novembro, é um mergulho no universo da ciência em busca do desconhecido. A produção é voltada para toda a família e tem narração do ator Marcos Palmeira.

Um grupo de 42 cientistas do INPA (Instituto Nacional de Pesquisas da Amazônia) participou da viagem de 25 dias na busca por novas espécies na Serra da Mocidade, em Roraima, região isolada no meio da floresta Amazônica.

É provável que nenhum outro ser humano tenha visitado antes este local. Com o pico a quase 2 mil metros de altitude e uma extensão de quase 80 km de serras, completamente cercadas por terras baixas, a região não possui terra plana suficiente para pousar um avião, não existem estradas e os rios descem cachoeiras impossíveis de navegar.

A partir da expedição à Serra da Mocidade, mais de 1.500 espécies, entre plantas e animais, foram documentadas pela equipe de cientistas do INPA, incluindo 95 novos registros para o Brasil e, ao menos, 80 novas espécies para a ciência, que continuam em estudo de comprovação.

Nos rios, os pesquisadores descobrem peixes, sapos e jacarés. Imagens noturnas revelam a grande variedade de insetos para a pesquisa, morcegos e cobras perigosas. E, depois de subirem ao topo da Serra da Mocidade com grande dificuldade, os cientistas chegam a um local onde se desenvolve uma flora rara e de beleza original.

O filme explica como a catalogação de novas espécies é um ponto fundamental para que mais animais e plantas sejam conhecidos e protegidos. Na mata, o trabalho dos cientistas é muito diferente do trabalho nos laboratórios. O documentário mostra as caminhadas por áreas de difícil acesso e a preparação de armadilhas.

Os cientistas foram chefiados na expedição pelo Dr. Mario Cohn-Haft (renomado ornitólogo especializado em aves amazônicas e curador das coleções ornitológicas do INPA). Norte-americano radicado no Brasil há mais de 30 anos, Cohn-Haft participou da descoberta de mais de 15 novas espécies em expedições anteriores.

A coprodução reúne a Grifa Filmes, Globonews, Globofilmes, Filmland, a produtora alemã Gebrueder BEETZ, o canal ZDF/ ARTE, da Alemanha, e a NHK, do Japão.

Novas Espécies – A Expedição do Século tem patrocínio AMBEV, investimento BB DTVM, e também patrocínio de Matrix Energy Trading, Naturgy, CSN Companhia Siderúrgica Nacional, Protege e Maersk. E da ANCINE, Governo do Estado de São Paulo por meio da Secretaria de Cultura e Economia Criativa, Programa de Ação Cultural PROAC ICMS e Governo Federal.

A produção foi realizada com apoio do INPA (Instituto Nacional de Pesquisas da Amazônia), do Exército Brasileiro por meio do CMA (Comando Militar da Amazônia), do 4º BAvEx (Batalhão de Aviação do Exército), do ICMBio (Instituto Chico Mendes de Conservação da Biodiversidade) e do Parque Nacional Serra da Mocidade.

Relacionados

Compartilhe

(0) Comente

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

*

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>