Com estreia prevista para o segundo semestre de 2020 (quando os cinemas reabrirem em segurança, dentro dos protocolos definidos pelas autoridades sanitárias), “M-8 – Quando a Morte Socorre a Vida” é o ponto de partida para uma live sobre racismo, nesta quarta-feira, 1º de julho, às 19h. O debate será conduzido pela jornalista e ativista Alinne Prado e contará com as participações do diretor do longa Jeferson De e dos atores Juan Paiva, o protagonista Maurício, e Mariana Nunes, que interpreta Cida. O filme trata do racismo a partir da história do jovem Maurício, primeiro estudante negro na Universidade de Medicina.

Com o tema “Racismo e Representatividade no Audiovisual: M-8 Construindo a Diversidade”, a live vai abordar, entre outros pontos, a falta de oportunidade dos negros no mercado cinematográfico e suas consequências e a maneira como a sociedade lida com esse cenário. O bate-papo acontecerá no canal da Paris Filmes no Youtube, https://www.youtube.com/user/Parisfilmes.

Vencedor na categoria Melhor Filme de Ficção, por voto popular, do último Festival do Rio, “M-8” é baseado no livro homônimo de Salomão Polakiewicz e narra a história de Maurício, jovem preto que ingressa como aluno cotista da Universidade Federal de Medicina. Ao chegar na instituição, é confrontado com uma dura realidade: o corpo que servirá para estudo na aula de anatomia é também preto. Impactado com a experiência, Maurício se vê envolvido com M-8, como o corpo do jovem morto é “cadastrado”, e inicia uma saga para desvendar sua identidade, enfrentando as próprias angústias e repensando seu lugar na sociedade.

Além de refletir sobre preconceito e exclusão, o filme toca em questões universais sobre sentimentos e relacionamentos na juventude. Integram o elenco Giulia Gayoso, Bruno Peixoto, Fábio Beltrão, Zezé Motta, Ailton Graça, Alan Rocha, Rocco Pitanga, Dhu Moraes, Léa Garcia e Raphael Logam, como M-8. Lázaro Ramos, Henri Pagnoncelli e Malu Valle fazem participações especiais.

A live-debate é uma parceria Portal Exibidor, Paris Filmes/Downtown Filmes, Migdal Filmes, e Buda Filmes. O roteiro é de Jeferson De e Felipe Sholl.

 

Relacionados

Compartilhe

(0) Comente

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

*

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>