Estão abertas as inscrições para Filmes da Mostra Educação e Projetos Audiovisuais Educativos, que serão exibidos e apresentados na programação do Encontro da Educação: XII Fórum da Rede Kino, durante a realização 15ª CineOP – Mostra de Cinema de Ouro Preto, que acontece de 3 a 7 de setembro, em formato online. As inscrições são gratuitas e podem ser feitas pelo site www.cineop.com.br, até o dia 20 de julho, às 23:59 horas, horário de Brasília.

Os interessados em se inscrever devem consultar o regulamento, realizar o cadastro e preencher o formulário no ato da inscrição. Os filmes e projetos inscritos serão avaliados por uma comissão oficial nomeada pela coordenação da Rede Kino e pela curadoria da Temática Educação da 15ª CineOP, assinada por Adriana Fresquet e Clarisse Alvarenga.

A Temática Educação da 15ª CineOP vai enfocar ”Telas e Janelas: Tempo de Cuidado, Delicadeza e Contato” com o propósito de abordar de um modo particular a relação das telas e janelas com este tempo que requer cuidado, delicadeza e outras formas de contato. Considerando que talvez, como nunca na história, o cinema tenha estado tão presente nas diferentes telas que circulam em boa parte dos espaços, sejam eles domésticos ou públicos, as janelas foram ressignificadas, tornando-se um novo marco de enquadramento por onde se vê o mundo de modo direto, mas à distância, e por onde ainda é possível registrá-lo.

FILMES PARA A MOSTRA EDUCAÇÃO

Poderão ser inscritos filmes brasileiros e latino-americanos, de até 3 minutos, produzidos em contexto educacional – por estudantes, professores, professoras ou cineastas, vinculados a escolas/instituições públicas de educação básica e de ensino não-formal. Produções internacionais deverão obrigatoriamente conter legenda em português.

Nesta edição, as produções dos filmes deve se organizar em torno da pergunta: COMO VIVER ENTRE TELAS E JANELAS? Devem ser levadas em consideração os seis temas com os quais as respostas a essa pergunta devem se relacionar: Delicadeza // Cuidado // Conexões // Memórias // Cura // Sonhos.

A proposta consiste em filmar pequenas histórias ou fazer ensaios experimentais ou simplesmente registrar um momento específico da vida em casa, na cidade, na aldeia ou comunidade quilombola, desde que respeitando o momento de isolamento social.

O único elemento comum de criação a todos(as) é a abordagem da presença do cinema em relação com outras mídias no cotidiano de nossas relações nos dias de hoje. Salvo esta restrição, é possível inventar e propor livremente breves documentários; filmes utilizando exclusiva ou parcialmente as imagens de arquivos; ensaios; exercícios experimentais; registros do cotidiano, de espaços e tempos diversos; pequenas histórias afetivas; imagens de uma determinada personagem ou de um grupo familiar; entre outros.

Em 2020, a Mostra Educação tem como objetivo fornecer elementos para a criação de um encontro entre distintas práticas pedagógicas ligadas ao audiovisual no ambiente escolar, sendo este o foco do Fórum da Rede Kino. Destaca-se ainda o grande interesse em processos colaborativos, horizontais, nos quais os(as) estudantes assumam situações de protagonismo, ocupando efetivamente o lugar de articuladores(as) dos materiais elaborados, filmados, editados.

A divulgação dos resultados dos filmes selecionados está prevista para ser a segunda quinzena de agosto de 2020, através do email que consta na ficha de inscrição. Os filmes selecionados serão exibidos na plataforma digital da 15ª CineOP– Mostra de Cinema de Ouro Preto.

PROJETOS AUDIOVISUAIS EDUCATIVOS

Poderão se inscrever projetos audiovisuais educativos – ações que buscam algum tipo de reflexão junto a produção e circulação de conteúdos para mídias digitais, cinema e televisão, pautados por processos de produção audiovisual escolar – de qualquer país latino-americano, desde que escritos em língua portuguesa.

Serão seis categorias de Projetos no Encontro da Educação – XII Fórum da Rede Kino:

Delicadeza: pequenos gestos ganham uma dimensão amplificada num momento em que, devido ao isolamento social, boa parte da população está com suas atividades restritas e circulando por espaços menores, domésticos. O que podemos aprender desses gestos?

Cuidado: nunca o cuidado com o outro, consigo e com os grupos foi tão vitalmente importante como no presente. No mesmo momento em que aquilo que é de todos é ameaçado, surgem iniciativas de cuidado em relação àquilo que é público (a comunidade escolar, as comunidades de cinema) que nos interessam compreender.

Conexões: estar isolado e ao mesmo tempo establecer outras conexões, seja por meio da experimentação da tecnologia, seja pela possibilidade de reatar laços que ficaram no pasado, pela possibilidade do estar junto, dentro oufora das redes, de formas as mais variadas e impensadas até pouco tempo atrás.

Memórias: num momento que estamos forçosamente limitados em nossas ações, a subjetividade trabalha para elaborar o momento presente, acionando o investimento na memoria como um componente que atravessa as experiências presentes, remetendo-as ao passado e ao futuro.

Cura: nunca foi tão importante pensar em encontrar um caminho para a cura. Essa busca nos faz questionar as soluções que vinham sendo utilizadas até pouco tempo atrás para a vida social e individual. Nesse sentido, o bem viver ganha uma importância fundamental.

Sonhos: as figuras que o sonho nos traz são imagens daquilo que estamos vivendo no presente, nos trazendo outras perspectivas de entendimento e de produção subjetiva, menos ancoradas na universalidade e mais abertas ao trabalho subjetivo e imagético.

A seleção dos trabalhos será realizada por uma comissão, composta por no mínimo três membros, nomeada pela coordenação da Rede Kino e pela curadoria da Temática Educação. A divulgação dos trabalhos selecionados está prevista para ser divulgada na última semana de agosto de 2020 no site www.cineop.com.br.

Relacionados

Compartilhe

(0) Comente

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

*

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>