Livros — 08 maio 2019
A Espiã Vermelha

A espiã Melita Norwood sempre esperou pelo dia que a polícia britânica bateria à sua porta para levá-la a julgamento pelo seu trabalho como espiã durante a II Guerra. As décadas se passaram e parecia que a previsão de Melita estava errada, até que depois de quase 60 anos, os agentes chegaram. Melita seria confrontada com um passado bem diferente da vida pacata que levava na reta final de sua vida. O caso da espiã, cuja detenção completa 20 anos em setembro de 2019, serviu de inspiração para a escritora Jennie Rooney transformar num romance histórico a improvável trajetória. A obra chega às livrarias pela Editora Record no mês em que o filme homônimo estreia em circuito nacional, trazendo no elenco a dama do cinema inglês, Judi Dench.

“A senhora está sendo acusada de vinte e sete violações da Lei do Segredo de Estado, o que é, de fato, traição. Tenho certeza de que a senhora está ciente da gravidade dessa acusação”. Joan Stanley esperou por esse momento muitas vezes, até que, aos 85 anos, as consequências por suas decisões no passado bateram na porta. Foi em 1937, ao optar por um futuro diferente da maioria das mulheres à época que tudo começou. Joan deixou sua vida tranquila em St. Albans e a promessa iminente de se casar e construir uma família, para estudar Ciências Naturais na Universidade de Cambridge, onde conhece a enigmática Sonya e seu primo, Leo Galich, dois ferrenhos defensores do comunismo.

Ao se apaixonar por Leo, Joan se vê centro de uma disputa política em meio ao avanço do fascismo. Com a eclosão da Segunda Guerra, ela é convidada a participar de um projeto ultrassecreto para a Grã-Bretanha que mudaria o rumo da guerra e do mundo para sempre. Mas tudo se transforma radicalmente quando Joan entende as implicações do que estava ajudando a construir e a motivação de Leo Galish.

Dividida entre a lealdade a seu país e o desejo de fazer a coisa certa, Joan vai assumir o risco de ser parte do Serviço Secreto Soviético, a KGB. E por quase setenta anos seu segredo estará guardado, até que tudo vem à tona e sua lealdade novamente é colocada à prova. Segredos dos quais nem mesmo ela era capaz de imaginar são desenterrados, e Joan precisará tomar uma decisão que pode destruir tudo aquilo que ama e pelo qual lutou sua vida inteira.

Inspirado na história real de Melita Norwood, a espiã britânica que serviu por mais tempo à KGB, “A Espiã Vermelha” é uma trama envolvente sobre o amor e o significado da lealdade.

Sobre a autora: Jennie Rooney nasceu em Liverpool, em 1980. Estudou História na Universidade de Cambridge e deu aulas de inglês na França antes de se mudar para Londres para trabalhar como advogada. O primeiro romance da autora, “Inside the Whale”, foi finalista do Costa First Novel Award.

A Espiã Vermelha / Red Joan
Autora: Jennie Rooney
Tradução: Cláudia Mello Belhassof
Editora: Record
Páginas: 392
Preço: R$ 44,90

Relacionados

Compartilhe

(0) Comente

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

*

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>