Trailers TV Revista de Cinema — 06 junho 2018
Caminho do Mar

“Caminho do Mar”, documentário longa-metragem, produzido pela Bang Filmes, com direção e roteiro de Bebeto Abrantes, projeto e produção de Juliana de Carvalho, é um “fluvial movie”, finalizado em 2017 (86 minutos), que percorre a nascente do rio Paraíba do Sul, no município de Areias, em São Paulo, até sua foz, na praia de Atafona, em São João da Barra, Rio de Janeiro, totalizando cerca de 1.150 km. O filme, cujo nome vem de um verso de poema “O Rio”, de João Cabral de Melo Neto, tem o patrocínio máster da Lojas Americanas, Americanas.com e Souza Cruz.

No dia 7 de junho, na Semana do Meio Ambiente, o documentário estreia nos cinemas, inicialmente nas praças do Rio, no Espaço Itaú, em Botafogo, e São Paulo, no Espaço Frei Caneca, no Shopping Frei Caneca.

O Paraíba do Sul é um rio estratégico. Estratégico, simplesmente, por que a formação socioeconômica brasileira e, em particular do Sudeste, só aconteceu graças à generosidade e força de suas águas. Sua bacia ocupa boa parte dos Estados do Rio de Janeiro, São Paulo e Minas Gerais.

O Paraíba do Sul abastece de água e energia uma população de mais de 12 milhões de habitantes na cidade do Rio de Janeiro.

A estátua da padroeira do Brasil, Nossa Senhora de Aparecida, foi encontrada em suas águas, em 1717, por pescadores. Em 2017, completaram-se, portanto, 300 anos de sua descoberta no rio. Esta é a única santa negra do Brasil. Motivo: as águas do rio, por onde a estátua permaneceu fundeada, antes de ser recolhida em uma rede, “pretearam” a madeira da estátua.

Relacionados

Compartilhe

(0) Comente

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

*

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>