O Instituto Olga Rabinovich, primeiro instituto filantrópico de apoio ao audiovisual no Brasil, anuncia os roteiristas vencedores das três primeiras bolsas do Programa de Apoio ao Roteiro e Desenvolvimento de Projetos Audiovisuais, idealizado pela instituição.

A roteirista Índigo, do projeto “Um Pinguim Tupiniquim”, foi selecionada por uma comissão independente entre os 20 projetos integrantes do I Encontro de Negócios do Mercado de Ideias Audiovisuais, uma realização da 42ª Mostra Internacional de Cinema em São Paulo, em parceria com a Secretaria Municipal de Cultura de São Paulo, a Spcine e o Cinema do Brasil – SIAESP. Enquanto Jaqueline M. Souza, responsável pelo projeto “Incubo”, foi escolhida pelo Laboratório Novas Histórias – Programa Sesc e Senac de Desenvolvimento de Roteiros. Ambos foram anunciados durante o evento de premiação, na 42ª Mostra Internacional de Cinema em São Paulo, no sábado, 27/10. O terceiro trabalho já contemplado com a bolsa é “Sião”, de Bruno Ribeiro, ganhador do Prêmio Aquisição Vitrine Filmes da 8ª edição do laboratório BrLab de desenvolvimento de projetos audiovisuais.

Os roteiristas vão receber uma bolsa de R$ 30 mil, pelo período de seis meses, assim como mentorias: a cineasta Anna Muylaert é a primeira consultora confirmada do projeto. Até dezembro, o Programa de Apoio ao Roteiro e Desenvolvimento de Projetos Audiovisuais ainda vai premiar outro profissional, escolhido pelo Cena 15 (Centro de Narrativas Audiovisuais do Porto Iracema das Artes), laboratório criado pelos cineastas Sergio Machado, Karim Aïnouz e Marcelo Gomes, no Ceará.

O lançamento formal do Instituto será em janeiro de 2019, quando anunciará a gama completa de projetos que pretende apoiar.

Por meio da doação de bolsas, financiamento de projetos e parcerias com instituições de excelência, o Instituto Olga Rabinovich nasce para ser um agente catalisador da excelência do audiovisual brasileiro. Vai atuar na formação e capacitação de profissionais, no apoio a roteiro e desenvolvimento de projetos, e ainda na reflexão sobre como essas histórias podem chegar ao grande público. Mobilizará atores diversificados em torno de soluções desenhadas e operadas em parceria com eles. Para chegar ao modelo, foram realizadas 86 conversas com profissionais do meio, a partir das quais foi traçado um diagnóstico do setor que viria a embasar as estratégias de atuação da instituição.

O Centro de Narrativas Audiovisuais do Porto Iracema das Artes anunciará o projeto contemplado pelo Programa no evento de encerramento (pitching final), que será realizado no dia 15 de dezembro.

Relacionados

Compartilhe

(0) Comente

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

*

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>