Salas de rua promovem festa coletiva de amor ao cinema
Má Sorte no Sexo ou Pornô Acidental

Por Maria do Rosario Caetano

O público dos blockbusters já voltou às salas de shopping centers, mas os cinéfilos ainda não voltaram (em peso) aos cinemas de rua, aqueles que cheiram a café e croissant.

Por isso, a turma dos cinemas dos circuitos paulistanos Reserva Cultural (com extensão em Niterói), Belas Artes e Espaco Itaú e os cariocas do Estação Net uniram forças e criaram a Festa do Cinema, que prossegue até a próxima quarta-feira, 18 de maio. Serão exibidos sete filmes inéditos, em várias salas e horários, ao preço camarada de 10 reais.

Entre os títulos escolhidos estão o vencedor do Berlim, o formidável “Má Sorte no Sexo ou Pornô Acidental”, vindo da Romênia, o blockbuster franco-canadense “Aline, a Voz do Amor”, que recria, com liberdade narrativa, a trajetória de Celine Dion, o brasileiro “Aos Nossos Filhos”, dirigido pela lusitana Maria de Medeiros, com Marieta Severo e José de Abreu no elenco, o chileno “Segredos de Família”, de Jorge Riquelme, com o Alfredo Castro mostrando seu talento imenso. E, entre outros, mais um filme do cult coreano Hong Song-soo, “Encontros”.

Se tais pré-estreias fossem pouco, há ainda outras atividades para tirar o cinéfilo de casa, agora que a pandemia arrefeceu. Reúnem alguns títulos belos e injustamente massacrados por aqueles tristes dias. Um caso, o mais doloroso de todos — o de ”Pássaros de Verão”, uma maravilha vindo da Colômbia e dirigido por Ciro Guerra, premiado em festivais importantes. Um épico que conta a história da proliferação do comércio de drogas no país sul-americano, desde que a Contracultura começou a ganhar força nos EUA e necessitar de suplementos para embalar suas “viagens” extra-sensoriais.

Haverá ainda Mostra Fassbinder, Mostra Wong Kar Wai, enfim, um calendário especial para amantes do cinema. Atividades para amorosamente desentocar o cinéfilo de casa, para colocá-lo em contato com o outro e com a telona. Abaixo, a programação completa dessa bela e generosa ação coletiva de amor pelo cinema.

 

AS ESTREIAS

- Aline – A Voz do Amor (Imovision), de Valerie Lemercier, livremente inspirado na vida de Celine Dion;

- Aos Nossos Filhos (Imovision), dirigido por Maria de Medeiros e estrelado por Marieta Severo e José de Abreu, o filme é uma adaptação do espetáculo teatral homônimo de sucesso;

- Encontros (Pandora FIlmes), do cultuado diretor sul coreano Hong Sang-soo e estrelado por sua musa Kim Min Hee, o filme levou o prêmio de Melhor Roteiro no Festival de Berlim de 2021;

- Má Sorte no Sexo ou Pornô Acidental (Imovision), de Radu Jude, longa romeno vencedor do Urso de Ouro no Festival de Berlim;

- Meu Álbum de Amores (Pandora Filmes), dirigido por Rafael Gomes, com Gabriel Leone, Felipe Frazão e Carla Salle no elenco;

- Paradise – Uma Nova Vida (Arteplex Filmes), uma coprodução entre Itália e Eslovénia, dirigido por Davide del Degan;

- Segredos em Família (Imovision), produção chilena de Jorge Riquelme Serrano.

 

Aline – A Voz do amor
Drama de Valerie Lemercier
Elenco: Valerie Lemercier, Sylvain Marcel, Danielle Fichaud
Duração: 126 min (2h06)
Sinopse: O drama acompanha a vida e trajetória da cantora canadense Aline Dieu. O filme faz um recorte de sua vida pessoal e profissional, apresentando para o público um lado pouco conhecido da cantora. Livremente inspirado na vida de Celine Dion.

Aos Nossos Filhos
De Maria de Medeiros
Elenco: Marieta Severo, José de Abreu, Laura Castro, Marta Nóbrega, Aldri Anunciação, Ricardo Pereira, Cláudio Lins
Duração: 107 min (1h47)
Sinopse: Adaptação do espetáculo teatral homônimo de sucesso, trata das relações entre mãe e filha: Vera, a mãe (Marieta Severo), uma mulher que pegou em armas para lutar contra a ditadura e carrega terríveis traumas do passado, e Tânia, a filha (Laura Castro), que vive um casamento de 15 anos com outra mulher, que está grávida do primeiro filho do casal. A notícia da gravidez gera um embate intenso nessa família, que discordam completamente em suas opiniões relacionada a construção familiar.

Encontros (Introduction)
Drama com direção e Roteiro: Hong Sang-soo
Elenco: Shin Seokho, Park Miso, Kim Minhee
Duração: 66 min (1h06)
País: Coreia do Sul
Sinopse: Dividido em três partes, o filme acompanha os encontros, desencontros e percalços sentimentais de um jovem que vai da Coreia do Sul a Berlim para visitar o pai, a mãe e a namorada. Vencedor do prêmio de Melhor Roteiro no Festival de Berlim de 2021.

Má Sorte no Sexo ou Pornô Acidental (Barbadeala cu bucluc sau porno)
Diretor: Radu Jude
Elenco: Katia Pascariu, Claudia Ieremia, Olimpia Mala.
Duração: 106 min (1h46). País: Romênia. Sinopse: Emi trabalha como professora de História numa respeitada escola conservadora de Bucareste. No entanto, quando seu vídeo fazendo sexo com o marido vaza para todos os alunos, ela corre o risco de ser demitida. A instituição organiza uma grande reunião com pais de alunos, onde será decidido o destino da professora. Vencedor do Urso de Ouro no Festival de Berlim.

Meu Álbum de Amores
Comedia de Rafael Gomes
Elenco: Gabriel Leone, Felipe Frazão e Carla Salles. Músicas de Odair José e Arnaldo Antunes
Duração: 101 min (1h41)
País: Brasil
Sinopse: Júlio é um jovem dentista careta e conservador. Após ser abandonado pela namorada, recebe a notícia de que é filho de um popular e mulherengo cantor dos anos 1970, que nunca conheceu. E descobre também um irmão em tudo diferente de si, com quem Júlio nunca conviveu. Até agora…

Paradise – Uma Nova Vida (Paradise)
Comédia dramática de Davide del Degan
Elenco: Vincenzo Nemolato, Giovanni Calcagno, Katarina Cas
Duração: 86 minutos (1h26)
País de Produção: Itália / Eslovênia
Sinopse: Calogero está no programa de proteção a testemunhas após ter visto um assassinato da máfia na Sicília. Com uma nova identidade, ele é enviado para Sauris di Sotto, uma aldeia situada nos Alpes italianos, para começar uma nova vida, mas ele não se anima com a neve e as danças folclóricas do local. E para piorar a situação, o assassino que ele denunciou virou informante e foi beneficiado pelo mesmo programa, indo também para Sauris. Calogero acredita que o assassino está à sua procura, mas dos desentendimentos entre os dois surge uma amizade que os leva a diferentes caminhos.

Segredos em Família (Algunas bestias)
Drama de Jorge Riquelme Serrano
Elenco: Paulina García, Alfredo Castro, Consuelo Carreño
Duração: 98 min (1h38)
País: Chile
Sinopse: Uma família viaja para uma ilha deserta no sul do Chile com o sonho de construir um hotel no local. Quando o homem que os ajudou a atravessar desaparece, a família fica presa na ilha. Com o frio, sem água e sem expectativas de serem salvos, os ânimos e as boas maneiras desaparecem, revelando o lado animal que existe em cada um.

 

PROGRAMAÇÃO

FESTA DO CINEMA PETRA BELAS ARTES

Pré-Estreias – Sala 3

Dia 12/05 às 20h30 – MÁ SORTE NO SEXO OU PORNÔ ACIDENTAL, de Radu Jude
Dia 13/05 às 20h30 – PARADISE, de Davide del Degan
Dia 14/05 às 20h30 – ENCONTROS, de Hong Sang-soo
Dia 15/05 às 20h30 – ALINE – A VOZ DO AMOR, de Valerie Lemercier
Dia 16/05 às 20h30 – AOS NOSSOS FILHOS, de Maria de Medeiros
Dia 17/05 às 20h30 – MEU ÁLBUM DE AMORES, Rafael Gomes
Dia 18/05 às 20h30 – SEGREDOS EM FAMÍLIA, de Jorge Riquelme Serrano

40 ANOS SEM FASSBINDER

Dia 12/05 18h QUERELLE
Dia 13/05 18h ROLETA CHINESA
Dia 14/05 18h O CASAMENTO DE MARIA BRAUN
Dia 15/05 18h O DESESPERO DE VERONIKA VOSS
Dia 16/05 18h LILI MARLENE
Dia 17/05 18h MARTHA
Dia 18/05 18h ALÁGRIMAS AMARGAS DE PETRA VON KANT

FASSBINDER — Para lembrar os 40 anos sem Rainer Werner Fassbinder (1945–1982), um dos maiores nomes do Novo Cinema Alemão – ao lado de Volker Schlöndorff, Wim Wenders e Werner Herzog –, a programação do Petra Belas Artes traz para a Festa do Cinema uma mostra com sete dos principais filmes do diretor, entre eles um longa em película 35mm: “Querelle” (1982), “Roleta Chinesa” (1976), “O Casamento de Maria Braun” (1979), “O Desespero de Veronika Voss” (1982), “Lili Marlene” (1981), “Martha” (1974, em 35mm) e “As Lágrimas Amargas de Petra Von Kant” (1972).

Fassbinder era grande admirador do diretor alemão Douglas Sirk, considerado o “mestre do melodrama”, realizador dos clássicos “Tudo que o Céu Permite”, “Palavras ao Vento” e “Imitação da Vida”. Assim como Sirk, ele também se dedicou a levar para as telas melodramas quase sempre protagonizados por figuras femininas, mas com grande poder transgressor. Uma constante em toda a diversa obra de Fassbinder é o seu olhar voltado aos desajustes sociais, enfatizando sua aversão à violência institucionalizada, com personagens alienados incapazes de escapar das forças da opressão, sexual, inclusive.

Em sua vida pessoal, nunca foi segredo para ninguém o seu comportamento libertino e autodestrutivo, porém, enquanto artista, Fassbinder sempre manteve a mais impecável ética em seu ambiente de trabalho, sendo um diretor extremamente perfeccionista e até cruel com seus atores e atrizes, dos quais exigia a mais absoluta entrega. O resultado de tamanho esmero pode ser conferido nas antológicas atuações de Hanna Schygulla, Margit Carstensen, Rosel Zech, Anna Karina, Jeanne Moreau, Brad Davis, Franco Nero e Karlheinz Böhm, todos presentes nos sete filmes citados.

Sua morte é uma imagem perfeita do homem e sua lenda. Na noite de 10 de junho de 1982, Fassbinder tomou uma overdose de cocaína e pílulas para dormir. Quando foi encontrado, o roteiro inacabado de uma versão de “Rosa Luxemburgo” estava ao lado dele. Tão ilimitado era seu impulso e criatividade que, ao longo de sua espiral descendente, e mesmo no momento de sua morte, Fassbinder nunca deixou de ser produtivo.

Rainer Werner Fassbinder foi, acima de tudo, um rebelde que extraiu fortes reações emocionais de tudo o que encontrou em sua vida pessoal e profissional, e essa natureza provocativa pode ser experimentada postumamente através da revisão de seu legado artístico, como propõe o Petra Belas Artes com esta imperdível mostra.

 

FESTA DO CINEMA no Circuito Estação NET de Cinema
Estação NET Rio 3

Dia 12/05 às 20h30 – SEGREDOS EM FAMÍLIA, de Jorge Riquelme Serrano
Dia 13/05 às 20h30 – MÁ SORTE NO SEXO OU PORNÔ ACIDENTAL, de Radu Jude
Dia 14/05 às 20h30 – ALINE – A VOZ DO AMOR, de Valerie Lemercier
Dia 15/05 às 20h30 – PARADISE, de Davide del Degan
Dia 16/05 às 20h30- AOS NOSSOS FILHOS, de Maria de Medeiros
Dia 17/05 às 20h30 – ENCONTROS, de Hong Sang-soo
Dia 18/05 às 20h30 – MEU ÁLBUM DE AMORES, Rafael Gomes

 

RETROSPECTIVA WONG KAR-WAI
Estação NET Botafogo 1
Retrospectiva Wong Kar-Wai

Dia 12/05 às 19h – Amores Expressos – 102 min – 1994
Dia 13/05 às 19h – Amor A Flor da Pele – 98min – 2000
Dia 14/05 às 18h30h – 2046: Os Segredos do Amor – 129min – 2004
Dia 15/05 às 19h – Anjos Caídos – 99 min – 1995
Dia 16/05 às 19h – Amor A Flor da Pele – 98min – 2000
Dia 17/05 às 18h30 – 2046: Os Segredos do Amor – 129min – 2004
Dia 18/05 às 18h30 – Felizes Juntos – 96 min – 1997

 

RESERVA CULTURAL NITERÓI
Pré-estreias

Quinta 20h30 Meu Álbum de Amores
Sexta 20h30 Paradise Sábado 20h30 Aline – A Voz do Amor
Domingo 20h30 Encontros Segunda 20h30 Má Sorte no Sexo ou Pornô Acidental
Terça 20h30 Aos Nossos Filhos
Quarta 20h30 Segredos em Família

 

Mostra Filmes incríveis que você perdeu na pandemia!

Quinta 18h EMA sexta-feira 18h UNDINE
Sábado 18h AZNAVOUR POR CHARLES
Domingo 18h FIM DE FESTA
Segunda 18h NUNCA MAIS NEVARÁ
Terça 18h SIBYL
Quarta 18h UM DIVÃ NA TUNÍSIA

 

RESERVA CULTURAL SP
Pré-estreias

Quinta 20h30 Meu Álbum de Amores
Sexta 20h30 Segredos em Família
Sábado 20h30 Aline – A Voz do Amor
Domingo 20h30 Aos Nossos Filhos
Segunda 20h30 Má Sorte no Sexo ou Pornô Acidental
Terça 20h30 Encontros
Quarta 20h30 Paradise

 

MOSTRA ESTREIAS SOFRIDAS NA PANDEMIA

Quinta 18h EMA
Sexta-feira 18h UNDINE
Sábado 18h AZNAVOUR POR CHARLES
Domingo 18h FIM DE FESTA
Segunda 18h NUNCA MAIS NEVARÁ
Terça 18h SIBYL
Quarta 18h UM DIVÃ NA TUNISIA

 

FESTA DO CINEMA ESPAÇO ITAÚ DE CINEMA – AUGUSTA – SALA 2

Dia 12/05 às 21h – Filme: ALINE – A VOZ DO AMOR (2020, Drama, 126′), de VALERIE LEMERCIER
Dia 13/05 às 21h – Filme: ENCONTROS (2021, Drama, 66′), de HONG SANG-SOO
Dia 14/05 às 21h – Filme: PARADISE – UMA NOVA VIDA (2019, Comédia Dramática, 86′), de DAVID DEL DEGAN
Dia 14/05 às 21h – Filme: MÁ SORTE NO SEXO OU PORNÔ ACIDENTAL (2021, Drama, 106′), de RADU JUDE
Dia 15/05 às 21h – Filme: MEU ÁLBUM DE AMORES, (2021, Comédia, 101′), de RAFAEL GOMES
Dia 16/05 às 21h – Filme: SEGREDOS EM FAMÍLIA (2019, Drama, 98′), de JORGE RIQUELME SERRANO
Dia 17/05 às 21h – Filme: AOS NOSSOS FILHOS (2019, Drama, 107′), de MARIA DE MEDEIROS

ESPAÇO ITAÚ DE CINEMA – RIO DE JANEIRO – SALA 3

Dia 12/05 às 21h – Filme: ALINE – A VOZ DO AMOR (2020, Drama, 126′), de VALERIE LEMERCIER
Dia 13/05 às 21h – Filme: ENCONTROS (2021, Drama, 66′), de HONG SANG-SOO
Dia 14/05 às 21h – Filme: PARADISE – UMA NOVA VIDA (2019, Comédia Dramática, 86′), de DAVID DEL DEGAN
Dia 14/05 às 21h – Filme: MÁ SORTE NO SEXO OU PORNÔ ACIDENTAL (2021, Drama, 106′), de RADU JUDE
Dia 15/05 às 21h – Filme: MEU ÁLBUM DE AMORES, (2021, Comédia, 101′), de RAFAEL GOMES
Dia 16/05 às 21h – Filme: SEGREDOS EM FAMÍLIA (2019, Drama, 98′), de JORGE RIQUELME SERRANO
Dia 17/05 às 21h – Filme: AOS NOSSOS FILHOS (2019, Drama, 107′), de MARIA DE MEDEIROS

 

MOSTRA PARA REVER EM 35MM
ESPAÇO ITAÚ DE CINEMA – AUGUSTA – SALA 2 – 21h

Dia 12/05 às 21h – Filme: OS PALHAÇOS, de FEDERICO FELLINI (1970, Comédia Dramática, 92′), de FEDERICO FELLINI
Dia 13/05 às 21h – Filme: UMA NOITE AMERICANA, de FRANÇOIS TRUFFAUT (1973, Drama, 115′)
Dia 14/05 às 21h – Filme: PÃO E TULIPAS (2000, Romance, 114′), de SILVIO SOLDINI
Dia 14/05 às 21h – Filme: MACHUCA (2004, Drama, 121′), de ANDRES WOOD
Dia 15/05 às 21h – Filme: AMARCORD (1973, Drama, 127′), de FEDERICO FELLINI
Dia 16/05 às 21h – Filme: NUNCA AOS DOMINGOS (1960, Comédia Dramática, 91′), de JULES DASSIN
Dia 17/05 às 21h – Filme: A PROFESSORA DE PIANO (2001, Drama, 131′), de MICHAEL HANEKE

 

MOSTRA PARA REVER EM DIGITAL
ESPAÇO ITAÚ DE CINEMA – RIO DE JANEIRO – SALA 2 – 19h

Dia 12/05 às 21h – Filme: DOCE ENTARDECER NA TOSCANA, (2018, Drama, 96′), de JACEK BECK
Dia 13/05 às 21h – Filme: FALE COM AS ABELHAS (2018, Drama, 106′), de ANNABEL JANKEL
Dia 14/05 às 21h – Filme: RETABLO (2017, Drama, 101′), de ÁLVARO DELGADO-APARÍCIO
Dia 14/05 às 21h – Filme: ADAM (2019, Drama, 98′), de MARYAM TOUZANI
Dia 15/05 às 21h – Filme: CICATRIZES (2019, Drama, 97′), de MIROSLAV TERZIC
Dia 16/05 às 21h – Filme: UMA HISTÓRIA DE FAMÍLIA (2019, Drama, 84′), de WERNER HERZOG
Dia 17/05 às 21h – Filme: PÁSSAROS DE VERÃO (2018, Drama, 126′), de CIRO GUERRA e CRISTINA GALLEGO

 

Festa do Cinema — Pré estreias e retrospectivas
Data:
12 a 18 de maio
Local: Cine Petra Belas Artes, Espaço Itaú Augusta e Reserva Cultural (SP); Estação NET Botafogo e Reserva Cultural Niterói (RJ)
Horário: confira a programação em cada cinema
Ingresso: (R$10,00 / R$ 20,00) – Cartão de embarque – Data: ate 30 de junho de 2022 – Ingresso: R$ 10,00 (em seis sessões nos cinemas participantes)
Onde: Cine Petra Belas Artes, Cine Sala, Espaço Itaú Augusta, Reserva Cultural (SP); Estação NET Rio, Reserva Cultural Niterói (RJ) e Espaço Itaú Botafogo (RJ)

Relacionados

Compartilhe

(1) Reader Comment

  1. Arte…
    Economia…
    Saúde & educação. Geral. E irrestrita. Isso sim.

    O Brasil precisa urgente voltar a qualidade de sua vida diária boa. Educação nas Escolas. Ter músicas realmente boas no dia a dia. E bons hospitais. O Brasil precisa urgente voltar a qualidade de sua música. PT venera a Indústria Cultural. Melhor para dominar. Literatura e alta cultura é de que o Brasil necessita a tempo nas nossas escolas e na educação das curuminhas. E de música boa. Esteticamente boa. A frente de tudo a qualidade de 1ª. Estética. Saúde da mente, portanto.

    Eis aí a pura e profunda realidade sociológica e filosófica: A “Copa das Copas®” do PT® em vez de se construir hospitais, construiu-se prédios inúteis! A Copa das Copas®, do PT© e de lula©. Nada se fez em 13 anos para esse mal brasileiro horroroso. Apenas propagandas e propagandas e publicidade. Frasinhas. Qual o poder constante da propaganda ininterrupta do PT®?

    Apenas um frio slogan, o LUGAR DE FALA do Petismo® (tal qual “Danoninho© Vale por Um Bifinho”/Ou: “Skol®: a Cerveja que desce Redondo”/Ainda: “Fiat® Touro: Brutalmente Lindo”). Apenas signos dessubstancializados. Sem corporeidade. Aqui a superficialidade do PETISMO®: Signos descorporificados. Sem substância. Não tem nada a ver com um projeto de Nação. Propaganda pura. O PT é truculento. O PT é barango politicamente.
    Apenas um frio slogan, o LUGAR DE FALA do Petismo®.

Deixe uma resposta para Martha Hirsch Cancelar resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

*

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>