Almanaque da Rosário — 10 maio 2016
México e o Ceará
© Mario Miranda Filho

O ator Chico Diaz será homenageado pelo 26° Cine Ceará, que acontecerá em Fortaleza, em junho (de 16 a 22). A homenagem se estenderá a Dira Paes, já que juntos fizeram, há exatos 20 anos, o nordestern “Corisco & Dadá”. Um livro, escrito pelo diretor Rosemberg Cariry, lembrará a experiência.

O festival cearense vai dedicar espaço nobre ao país onde nasceu Chico Diaz, o México. Depois da Argentina e da Espanha, chegou a vez dos mexicanos, donos da mais sólida indústria exibidora da América Latina (superam, com folga, o Brasil), ser o país ibero-americano homenageado do ano. Por isto, o Cine Ceará selecionou 18 longas-metragens do México contemporâneo, que vão do drama social ao terror, da comédia ao filme policial, do filme infantil aos dramas eróticos, para mostrar ao público cearense.

A produção mexicana será tema de seminários, exposições e de tributo a um de seus mais reconhecidos artífices (ou seja, um diretor, ator, atriz ou fotógrafo). Nunca é demais lembrar que o cinema mexicano vive momento delicado, já que alguns de seus maiores talentos (caso do fotógrafo Emannuel Lubezki e dos diretores Alejandro Gonzalo Iñarritu, Alfonso Cuarón e Guillermo del Toro) são hoje nomes de destaque do cinema norte-americano. Aquele que conquista estatuetas nas festas dos Oscar.

Relacionados

Compartilhe

(0) Comente

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

*

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>