Livros Livros — 11 março 2021
Moxie: Quando as Garotas Vão à Luta

A estreia de Moxie: Quando as Garotas Vão à Luta no Netflix inspirou o lançamento de edição especial do livro homônimo com capa que faz referência ao cartaz do filme. O livro de Jennifer Mathieu, que já está em pré-venda pela Verus Editora, trata sobre feminismo de um jeito doce, engraçado e inspirador, direcionado para meninas adolescentes.

Moxie nos apresenta Vivian Carter, uma estudante tímida, mas que está cansada dos comportamentos machistas dos seus colegas de classe. Cansada das regras de vestuário, dos assédios nos corredores e da direção da escola. Mas, acima de tudo, Vivian está cansada de sempre seguir as regras. Com isso, ela decide seguir os passos da sua mãe.

A mãe de Viv era dura na queda, uma autêntica integrante das Riot Grrrls nos anos 90. Inspirada por essas histórias, Viv pega uma página do passado da mãe e cria um fanzine feminista que distribui anonimamente para as colegas da escola. É só um jeito de desabafar, mas as garotas reagem. Logo, ela está fazendo amizade com meninas com quem nunca imaginou se relacionar. E, então, percebe que o que começou não é nada menos que uma revolução feminista no colégio.

Na plataforma de streaming, a comédia feminista é dirigida por Amy Poehler, e interpretada por Hadley Robinson, Lauren Tsai, Josephine Langford e Patrick Schwarzenegger.

Sobre a autora: Jennifer Mathieu é escritora premiada de romances juvenis. Moxie é seu primeiro livro publicado no Brasil. Ex-jornalista, ela dá aulas no Ensino Médio em uma escola do Texas, onde mora com o marido e o filho.

Moxie: Quando as Garotas Vão à Luta
Autora: 
Jennifer Mathieu
Tradução: Ana Guadalupe
Editora: Verus | Grupo Editorial Record

Relacionados

Compartilhe

(0) Comente

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

*

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>