Trailers TV Revista de Cinema — 15 janeiro 2019
Temporada

Temporada, dirigido e roteirizado por André Novais Oliveira e com produção da Filmes de Plástico, estreia nesta quinta-feira, dia 17 de janeiro, através do projeto Sessão Vitrine Petrobras. O filme foi o grande vencedor da Mostra Competitiva no 51º Festival de Brasília do Cinema Brasileiro, onde saiu premiado como Melhor Filme, Melhor Atriz para Grace Passô, Melhor Ator Coadjuvante para Russo APR, Melhor Direção de Arte de Diogo Hayashi e Melhor Fotografia de Wilsa Esser, e estreia em todo o Brasil a preços populares, R$ 12,00 a inteira de R$ 6,00 a meia entrada.

O longa, que antes teve sua estreia mundial no Festival de Locarno, já rodou dezenas de Festivais pelo mundo, inclusive foi exibido na 42ª Mostra Internacional de Cinema de São Paulo e na Semana de Cinema, no Rio de Janeiro, onde a obra de André ganhou uma retrospectiva. A atriz Grace Passô, que recentemente também recebeu o prêmio de Melhor Atriz no Festival de Torino, na Itália e será homenageada na 22ª edição da Mostra de Cinema de Tiradentes , conta sobre sua personagem: “Juliana é uma mulher que tá mudando de cidade, de trabalho, de relações amorosas, e portanto é uma pessoa que vive um momento de olhar o mundo de uma forma diferente. Pra mim, Temporada capta esse período de transformação da vida, pra mim Temporada é um convite para olhar as paisagens sob outras perspectivas. E, aliás, o olhar do André tem a potência da poesia. A poesia negocia entre síntese e a profundidade, assim como a câmera, os personagens e as situações que André dirige.”.

André Novais Oliveira, que é dos fundadores da produtora mineira Filmes de Plástico, ganhou diversos prêmios por seu filme anterior “Ela Volta na Quinta”, que fala sobre uma família que vivia em Contagem, Minas Gerais, e mais uma vez o diretor usa a periferia da sua cidade como pano de fundo para a história. A ideia para o “Temporada” surgiu em 2007, quando o próprio diretor e roteirista trabalhou no combate a endemias em sua cidade, Contagem, mas precisamente no combate a dengue: “Eu entrava nas casas das pessoas e sempre me fascinou esse trabalho de estar na casa delas e conhecê-las, e eu queria muito falar sobre uma personagem que estivesse mudando, em processo de transformação de vida em um momento específico da vida dela”.

Na trama, Juliana (Grace Passô) está de mudança do interior do estado de Minas para a periferia de Contagem, em BH. Em seu novo trabalho dedicado a combater às endemias da região, ela se depara com pessoas e vive experiências capazes de mudar a sua vida completamente. Ao mesmo tempo que passa por essa transformação, Juliana tenta lidar com o impacto que tudo isso gera na sua relação conjugal.

Relacionados

Compartilhe

(1) Reader Comment

  1. Parabéns, para a equipe técnica e cênica!

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

*

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>